O Motel explicado


O Motel Explicado de A a Z


Introdução | Enquadramento Legal | Classificação | Um Motel hoje é… | Reservas | Check In | Check Out | Room Service e Afins | Preços | O que é mais valorizado


Introdução

A conotação depreciativa que a generalidade das pessoas fazia dos Motéis, até há pouco tempo atrás, foi alterada, muito contribuindo para isso a mudança de mentalidade e o número de Motéis entretanto inaugurados.

A própria lei de enquadramento dos Empreendimentos Turísticos veio equiparar os Motéis aos Hotéis tradicionais.

Será por isso justo dizer, que as virtudes ou defeitos, imputados aos Motéis e à forma como são vistos e julgados pela generalidade das pessoas, são da inteira responsabilidade dos seus clientes e do uso ou propósito que estes lhes conferem.

Não será por isso correcto continuar a dizer que os Motéis são um local de prostituição, traição e relações menos próprias (cabendo a cada um a responsabilidade por tal julgamento), por quanto em comparação com o Hotel tradicional, oferecem o mesmo tipo de alojamento, consubstanciado por equipamentos ou serviços, muito próprios do Motel, que o Hotel tradicional já não oferece.

Por isso encontrar um casal, casado que procura sair da rotina, dois amigos coloridos que procuram um momento de diversão, um homem ou uma mulher que em deslocação profissional ali pernoitam, ou simplesmente alguém que procura experimentar pela sedução, erotismo, imaginário, etc… subjacente ao Motel, é hoje em dia normal e saudável.


Enquadramento Legal

Com a alteração da Lei que regulamenta a instalação, a exploração e o funcionamento dos empreendimentos turísticos, através do Decreto de Lei 39/2008, os motéis deixaram de ter enquadramento próprio, passando a estar englobados na Tipologia de “Empreendimentos Hoteleiros”, sendo por isso equiparados ao Hotel Tradicional (Classificados pelo Turismo de Portugal) ou a Alojamento Local (na dependência das Câmaras municipais e sem classificação). Contudo terão de ser os Motéis, obrigatoriamente, a proceder a esta reconversão junto das entidades referidas, em função da situação.

Estes últimos quando não reconvertidos ao abrigo do referido Decreto de Lei perante o Turismo de Portugal (desde que reúnam todas as condições necessárias para poderem ser classificados), deverão requerer às Câmaras Municipais a reconversão como Alojamento Local, mais concretamente como “Estabelecimento de Hospedagem”, constante no nº 1, alínea C, do artigo nº 2, da Portaria 517/2008, onde se estabelecem os requisitos mínimos a observar pelos estabelecimentos de alojamento local.

Assim e conforme regulamenta o artigo 11º da Secção III do referido Decreto de Lei, a noção de Estabelecimento Hoteleiro é a seguinte: “São estabelecimentos hoteleiros os empreendimentos turísticos destinados a proporcionar alojamento temporário e outros serviços acessórios ou de apoio, com ou sem fornecimento de refeições, e vocacionados a uma locação diária.”

Aqui se incluem Hotéis (Os Motéis estão aqui englobados), Hotéis-Apartamentos (aparthotéis) e Pousadas.

Fica assim reposta uma definição mais actual do que é hoje um Motel, que já existe nas áreas urbanas (e não nas áreas suburbanas, à beira das estradas), e já serve outro tipo de propósitos na hotelaria moderna.


Classificação

À luz das novas regras os Motéis passam a ser classificados numa escala de 1 a 5 estrelas, devendo estes obedecer a um conjunto de requisitos obrigatórios e opcionais, que em função do seu somatório determina o número de estrelas que obrigatoriamente terão que afixar na sua entrada, junto ao nome do Motel.

Em Portugal neste momento já existem uma unidade 4 estrelas, a categoria mais alta obtida por um motel até ao presente e pertence ao Motel H2ON Hotel.

Todos os Motéis apresentados no motelemportugal.com que tenham a informação da Categoria, estão classificados como Estabelecimento Hoteleiro e foram sujeitos às regras de Classificação do Turismo de Portugal.

Os restantes ainda não deram inicio ao processo de reconversão, situação que já deveria ter acontecido, encontrando-se por isso mesmo sem Classificação.

Lista de Motéis Classificados pelo Turismo de Portugal – Esta é a designação oficial de cada um dos Motéis:

Nota: Estas classificações são válidas por 4 anos, contudo um Motel que proceda a alterações, ou introduza serviços opcionais que lhe permitam nova classificação, poderá a qualquer momento solicitar nova vistoria.


Um Motel Hoje é…

Não mais do que uma unidade hoteleira, igual a todas as outras que são tidas como tradicionais. Os períodos de ocupação mais comuns, podem variam entre 4, 12 ou 24 horas.

As motivações que podem levar as pessoas a visitar um Motel podem ser muitas como se pode verificar na seguinte lista exemplificativa:

  • Um casal casado que quer quebrar a rotina e assim procura um ambiente mais romântico, sensual, atrevido, picante, imaginário…
  • Duas pessoas que procuram dar resposta ao desejo mais apaixonado, seja ele resultado de uma relação temporal ou pontual…
  • Três pessoas que desejem dar resposta a uma fantasia mais picante ou mesmo a um modo de vida…
  • Um(a) profissional que deseje descansar, pernoitar em resultado de uma deslocação profissional…
  • Ou simplesmente porque tem curiosidade, porque gosta, porque quer experimentar, ou apenas porque sim…

Além da oferta idêntica a um Hotel, é usual encontrar nos Motéis características particulares:

  • Garagem privativa para todos os quartos;
  • Privacidade e discrição desde a altura em que entra até quando sai;
  • Higiene e limpeza como condição prioritária;
  • Quartos ou Suites que primam pelo conforto e atrevimento, bem como pelos extras disponibilizados (Colchões de água, camas redondas, cadeiras eróticas, Varões de Table dance, iluminação adequada à ocasião, zonas de refeição, etc…). No caso do Motel H2ON nem os jardins privativos faltam aos seus clientes, ou no Motel Afodite MTL, uma zona de convívio comum pioneira em Portugal neste tipo de Unidade Hoteleira, onde os clientes, se o desejarem, podem socializar fora da suite, em ambiente privado.
  • Casa de banho em todos os aposentos, muitas delas com equipamentos top (Jacuzzi, Sauna, Banho Turco, Banheiras com Hidromassagem, Cadeira de Duche Tântrica, etc…);
  • Serviços de Restaurante, Snack Bar, normalmente com Room Service ou mesmo os produtos de Sex-Shop complementam a oferta dos Motéis actuais e modernos.

Como efectuar uma Reserva no Motel?

Existem variadas formas de poder marcar uma ida a um Motel. As mais comuns são:

  • Por telefone, fax ou E-mail
  • A Reserva é feita por qualquer um dos meios anteriormente referidos, porém o Pagamento (50% ou 100%) pode ser pedido para a efectivar antes da entrada, seja por transferência, Cartão de Crédito, Referência Multibanco, Payshop, ou depósito ao balcão do banco. O comprovativo é enviado, ficando assim confirmada a reserva para a data pretendida;
  • Fica marcado, sendo a restante “burocracia” tratada na altura em que se entra no Motel.
  • Online
  • Existem alguns Motéis que já disponibilizam no seu site o Serviço de Reserva Online. Têm a possibilidade de se verificar logo a disponibilidade pretendida, bem como efectivar o pagamento, total ou parcial, através de Cartão de Crédito, Referência Multibanco ou Payshop;
  • Presencial
  • Existem três Motéis que não aceitam qualquer tipo de reserva, ficando sujeito à disponibilidade quando se chega à referida Unidade Hoteleira.
  • Exclusões
  • Alguns Motéis reservam-se à não aceitação de Reservas em Vésperas de Feriados, Fins de Semana, ou outras datas comemorativas (Dia dos Namorados, Carnaval, Páscoa, Ano Novo, etc…).

O check In

Actualmente existem três formas de efectuar o check in:

  • Automático (sem contacto humano)
  • Chegado à entrada do Motel, depara com uma máquina onde pode solicitar o tipo de Quarto/Suite (previamente reservada ou sujeita à disponibilidade no momento). Recolhe de seguida um cartão que lhe dá acesso à Garagem (em muitos casos o portão já se encontra aberto, procedendo ao seu fecho assim que entra). Entra no Quarto/Suite e já só se preocupa no final aquando do Check Out;
  • Semi-Automático (com contacto humano)
  • Chegado à entrada do Motel, identifica-se ao colaborador através de Bilhete de Identidade ou Cartão Único (normalmente logo devolvido), solicita o tipo de quarto/suite (previamente reservada ou sujeita à disponibilidade no momento), e efectua o pagamento (se não pago aquando da Reserva). Recolhe de seguida um cartão que lhe dá acesso à Garagem (em muitos casos o portão já se encontra aberto, procedendo ao seu fecho assim que entra). Entra no Quarto/Suite e já só se preocupa no final aquando do Check Out;
  • Pessoal
  • Existem alguns motéis, onde para acesso a quartos mais baratos se dirige a uma recepção tipo hotel, estando neste caso sujeito à indiscrição e falta de privacidade. Todo o restante processo é idêntico ao Hotel, porém efectua o pagamento do alojamento na altura do Check In.

O Check Out

Entrou, desfrutou da experiência, chegou a altura de sair. Tal como na entrada existe mais que uma forma de sair.

  • Automático (Sem contacto humano)
  • No interior do quarto/suite procede ao pagamento da estadia, sendo-lhe validado o cartão para poder sair. Sai com a viatura da garagem, dirige-se à saída, normalmente bem assinalada, insere o cartão magnético na máquina de saída, a validação é efectuada e a cancela abre. Boa viagem e até à próxima.
  • Este processo pode aplicar-se igualmente a quem pagou na recepção da entrada (semi-automático) e no momento do Check Out insere apenas o cartão fornecido na entrada.
  • Pessoal
  • Aqui, tal como na entrada, entrega o cartão ou a chave, efectua o pagamento, no caso de não o ter ainda feito. A cancela abre e até à próxima.

Room Service e afins, como se processa?

Alguns Motéis de Portugal disponibilizam um conjunto de serviços que tornam a sua experiência ainda mais interessante e inesquecível:

  • Restaurante / Snack Bar – Mediante uma lista/ementa disponível no quarto/suite pode fazer o seu pedido por telefone. Quando o mesmo estiver pronto é-lhe entregue através de uma caixa (drop box instalada normalmente junto à porta do quarto/suite, ao estilo de um pequeno armário, onde existem duas portas, uma do lado do serviço e outra do lado do quarto/suite) que possibilita não contactar com o pessoal. Recolhe e pode efectuar o pagamento no acto, ou na altura do Check Out.
  • As ementas podem ser mais elaboradas, ou mais simples, onde normalmente não falta nunca o espumante.
  • Sex-Shop – Alguns Motéis disponibilizam um conjunto de produtos e acessórios sexuais (preservativos, vibradores, óleos de massagem, etc…), igualmente através de lista, podendo os mesmos ser pedidos por telefone. Normalmente este tipo de serviço é pago no acto da entrega. A entrega é feita da mesma forma acima referida no ponto anterior (drop box).

Os Preços são por casal?

Normalmente os valores apresentados são por quarto/suite, estando, por isso, incluídas um número de pessoas, até ao máximo de 2.

Poderá existir a opção, que alguns Motéis dão, de estar alojada uma 3ª pessoa no quarto/suite, mas que normalmente é cobrada como extra.


O que é mais valorizado

Neste tipo de equipamento hoteleiro, dada a sua taxa de ocupação ser em regra geral elevada, o número de pessoas que os frequentam é igualmente alto, tornando-se por isso a Higiene e Limpeza o factor mais importante para os clientes, e a que os Motéis normalmente correspondem.

A privacidade e discrição é outro dos factores apreciados por todos quantos procuram um Motel.

Assim podemos elaborar a seguinte lista de prioridades:

  • Higiene
  • Privacidade
  • Conforto
  • Facilidade de Check In / Check Out
  • Decoração
  • Qualidade Restaurante / Snack Bar
  • Inovação

Facebook

NÓS GOSTAMOS DE SI!

Ao visitar este site está a consentir a utilização de cookies. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close